Friday, March 31, 2006

palavras para quê?

"a sua situação só se complicará se procurarem salário, não emprego"
Belmiro de Azevedo - Escola Superior de Educação de Coimbra - referindo-se à dificuldade de um jovem encontrar o primeiro emprego.

4 comments:

Dolores Ibárruri said...

O que choca ja nem e' esta visao dos patroes sobre os males sociais. O que choca e' o 'a-vontade com que o dizem.

Desde que apareceu na Forbes e que tentou comprar a PT, investiram no Belmiro uma aura de super-heroi economico. As pessoas esquecem o que ganham os empregados de caixa do Continente. Como uma das empregadas uma vez me disse (por volta do meio-dia, quando eu estava a pagar): So' hoje ja tenho, nesta caixa, mais dinheiro do que o meu salario para um ano inteiro.

pedras contra canhões said...

o à-vontade... exactamente. revela tanto...

Samir Machel said...

O Belmiro foi pelo menos uma vez ao programa da Fátima Campos Ferreira. No debate foi recebido com muitas palmas após as suas intervenções até ao momento que começou a explicar as suas concepções de horário de trabalho. Dizia qualquer coisa como "Qual é a diferença entre trabalhar 40 ou 48 horas [semanais]? Se uma pessoa tem uma tarefa, tem é de a concluir." Pois é, tem de concluir para o Mr. Belmiro estar na Forbes...

ana said...

chocante!